IconeHISTÓRICO

Florianópolis já foi considerada a cidade que promovia o segundo melhor Carnaval do país, superado apenas pelo do Rio de Janeiro.

A ilha transformava-se numa grande festa, com suas ruas invadidas pela população e turistas de todo o Brasil e do exterior, havendo uma perfeita integração entre o Carnaval de Passarela, onde desfilavam as Escolas de Samba e as Grandes Sociedades, e o Carnaval de Rua, com os Blocos de Sujos e carnavalescos anônimos ocupando todo o centro histórico da cidade.

A transferência do desfile oficial para o Aterro da Baía Sul, onde foi construído o Sambódromo, se processou sem que os organizadores soubessem promover uma transição ou mesmo um elo de ligação entre o Carnaval oficial e o Carnaval espontâneo, resultando com isto um refluxo de foliões, tanto do Sambódromo quanto das ruas centrais.

Preocupado com a apatia que tomava conta do Carnaval de Florianópolis, um grupo de foliões reuniu-se na quarta-feira de cinzas de 1992  e decidiu agir.

Nasceu o BERBIGÃO DO BOCA, uma festa que a Prefeitura Municipal, através do Decreto 2.150, proclamou como a abertura oficial do Carnaval de Florianópolis e que é realizada sempre na sexta-feira que antecede de uma semana o início do reinado de Momo. Em 2017 estaremos comemorando 25 anos de sucesso crescente.

A denominação BERBIGÃO DO BOCA é uma combinação do nome da mais popular iguaria degustada pelo manezinho da ilha, o berbigão, com o apelido de um dos maiores foliões de Florianópolis, o Boca.

O BERBIGÃO DO BOCA não é um Bloco de Sujos, mas sim uma grande festa de confraternização e estímulo ao Carnaval florianopolitano, aberta a população, reunindo todos que amam o Carnaval como manifestação espontânea de alegria e beleza, e objetivando manter indelével a nossa tradição mais verdadeira.

Faltam 72 dias para o Berbigão do Boca 2018.